Projeto cria a campanha Setembro Amarelo e o dia municipal de prevenção ao suicídio

por Lindomar A. Leal publicado 29/10/2018 14h20, última modificação 29/10/2018 14h17
A data será incluída no calendário oficial de eventos do município
Projeto cria a campanha Setembro Amarelo e o dia municipal de prevenção ao suicídio

Vereador Mequiel (PT), autor do Projeto de Lei

Foi aprovado na Sessão Ordinária do dia 23 de outubro, terça-feira, o Projeto de Lei nº 031/2018, de autoria do vereador Mequiel Zacarias Ferreira, que institui no calendário oficial de eventos do município de Alta Floresta a campanha Setembro Amarelo e o dia municipal de prevenção ao suicídio.

De acordo com o projeto, a campanha Setembro Amarelo será realizada anualmente, no mês de setembro, e tem por finalidade promover o debate, a reflexão e a conscientização sobre a temática do suicídio, tendo como símbolo um laço de fita na cor amarela. Os prédios públicos e privados poderão ser iluminados na cor amarela, visando chamar a atenção da população, de forma visual, sobre a prevenção ao suicídio, bem como, o laço amarelo poderá ser adotado pelas repartições públicas para utilização durante o mês em questão.

A campanha também terá como objetivo envolver os poderes públicos e os segmentos organizados da sociedade civil para discutir e promover o debate sobre o suicídio e suas possíveis causas; contribuir para a redução dos casos de suicídios no município de Alta Floresta; estimular e disseminar, perante órgãos públicos, universidades, entidades, organizações não governamentais e demais instituições o debate sobre o suicídio, ampliando a discussão sob o ponto de vista social e educacional.

A campanha deverá contar com palestras e seminários para orientar e alertar à população sobre como diagnosticar possíveis suicidas; palestras direcionadas aos profissionais de saúde para qualificá-los na identificação de possíveis pacientes que se enquadrem neste perfil; atividades multidisciplinares em todas as instituições de ensino com objetivo de informação; e formação de grupos de atendimentos às pessoas nas Unidades Básicas de Saúde.

Poderão integrar o grupo de organização da Campanha: Secretaria de Saúde, Secretaria de Educação, Secretaria de Assistência Social, Conselhos correlatos às secretarias citadas e entidades da sociedade civil que tenham ligação com a temática.

O projeto segue para sansão do prefeito Asiel Bezerra de Araújo.

LINDOMAR LEAL
Assessoria de Imprensa

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.