Energisa não comparece a reunião com vereadores e Procon

por Lindomar A. Leal publicado 11/06/2018 13h40, última modificação 11/06/2018 13h40
A Câmara Municipal realizou reunião para discutir sobre o aumento das faturas de energia. Energisa não compareceu e não justificou ausência.

LINDOMAR LEAL
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal

O aumento da fatura de energia foi um dos principais assuntos dos pronunciamentos dos vereadores na Sessão Ordinária de terça-feira (5). Por conta disso, a presidência da Casa de Leis enviou na sexta-feira (8) ofício convidando a Energisa – concessionaria responsável pela distribuição de energia elétrica em Mato Grosso, e o Procon – órgão de defesa dos direitos do consumidor, para uma reunião na manhã desta segunda-feira (11), com o objetivo de obter da empresa de energia uma explicação sobre o aumento dos valores das faturas de energia, no entanto somente os representantes do Procon compareceram.

A reunião contou com a presença dos vereadores e do coordenador do Procon, Celço Ferreira dos Santos, e da advogada Érica Iocca. A Energisa não justificou a ausência. Antes da reunião várias pessoas procuraram a Câmaras Municipal para apresentar cópias das contas de energia comprovando o aumento descompensado de uma fatura para outra.

De acordo com a advogada Érica Iocca, o Procon tem recebido em média 15 reclamações por mês, muito pouco em relação à demanda que surgiu na última semana. Segundo ela, em 80% dos casos a empresa de energia resolve o problema corrigindo o valor da fatura. Ela também informou que somente no mês passado o Procon de Alta Floresta aplicou mais de R$ 100 mil em multa na Energisa por aparelhos eletroeletrônicos queimados. Também existem outras cinco ações de ofício em processo de multa. “As pessoas devem procurar o Procon para registrar a reclamação”, orientou a advogada.

O presidente Emerson Sais Machado (MDB) lamentou a ausência dos representantes da Energisa e no final da reunião informou que a Câmara Municipal vai enviar um documento assinado por todos os vereadores cobrando da Energisa explicações sobre a problemática, que tem afetado diversas pessoas em Alta Floresta. “Infelizmente a Energisa não compareceu, ficamos bastante chateado, recebi várias cópias de contas de energia com aumento abusivo, então a Energisa teria que estar aqui para dar explicações para os vereadores e para o Procon. Também quero alertar a sociedade para procurar o Procon se constatar que houve aumento abusivo na conta de energia, todos os casos estão sendo resolvidos”, orientou o presidente.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.