Emerson Machado e Marcos Menin reivindicam regularização fundiária de Assentamento na Pista do Cabeça e Vila Rural

por lleal — publicado 24/01/2017 21h10, última modificação 24/01/2017 21h35

Liliani Leal
Assessoria de Comunicação
Câmara de Vereadores


O presidente da Câmara de Vereadores de Alta Floresta, Emerson Sais Machado (PMDB), e o vereador Marcos Roberto Menin (DEM), primeiro secretário da Mesa Diretora do Poder Legislativo, se reuniram com o deputado federal Carlos Bezerra (PMDB), na sexta-feira, dia 20 de janeiro, em Cuiabá, em busca de apoio para viabilizar a regularização fundiária da Gleba Jacamim, localizada na região da Pista do Cabeça.


“Estamos buscando essa parceria com o deputado para poder regularizar estas áreas que é uma cobrança muito antiga do povo. A pessoal do Assentamento da Pista do Cabeça não tem documentação e não consegue ter acesso a linhas de crédito, como Pronaf, por exemplo. Este é um problema antigo”, explicou o Presidente ao ressaltar que o deputado Carlos Bezerra se posicionou favorável em auxiliar no processo de regularização.


Outro pedido feito pelos vereadores ao deputado foi com relação a regularização fundiária da Vila Rural 1 e 2 e a implantação de um sistema de abastecimento de água como forma de fomentar o desenvolvimento da agricultura familiar naquelas localidades.


“Sobre esta cobrança o deputado também se posicionou favorável principalmente em viabilizar a perfuração de vários poços artesianos para resolvermos esta problemática, porque o pessoal precisa de água para produzir e fomentar a agricultura familiar. Estou bastante esperançoso, aguardando a mão amiga do deputado federal”, salientou Emerson Machado.


De acordo com o vereador Marcos Menin, Carlos Bezerra se comprometeu em cobrar a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) para realizar um estudo de impacto para a perfuração dos poços artesianos. “Estamos otimistas porque o deputado demonstrou grande interesse”, ressaltou.


A reunião contou também com a presença do prefeito de Alta Floresta, Asiel Bezerra de Araújo (PMDB), que reforçou o pedido ao deputado e do superintendente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), João Bosco de Moraes.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.