Dr. Charles denúncia insalubridade na UDR do Setor B

por Lindomar A. Leal publicado 03/04/2019 21h55, última modificação 03/04/2019 22h14
Médico da rede pública, o vereador também cobrou melhorias nas unidades de saúde do Bairro Jardim Primavera e da Praça Cívica
Dr. Charles denúncia insalubridade na UDR do Setor B

Vereador visita consultório odontológico na UDR do Setor B

O vereador Charles Miranda Medeiros (PSD), vice-presidente da Câmara Municipal de Alta Floresta, denunciou em tribuna, na Sessão Ordinária de terça-feira (02.04), o ambiente insalubre da Unidade de Reabilitação do Setor B. “Uma vergonha”, criticou.

Em visita recente na UDR, Dr. Charles disse que se deparou com um ambiente inadequado para atendimento e tratamento de pacientes que estão buscando a reabilitação.  “Aquilo ali é extremamente insalubre. As pessoas estão fazendo fisioterapia no meio das paredes podres cheias de fungos, o consultório odontológico tem fungo na parede que está toda preta, a sala de atendimento médico com fungos, um absurdo, as paredes todas infiltradas, a janela da cozinha não abre, caramujo subindo pelo muro”, denunciou ao citar o risco de contaminação a que os pacientes estão expostos.

Ainda segundo Dr. Charles, o pé direito da sala de reabilitação, que é de madeira, está mofado.

“É inaceitável que uma estrutura de saúde esteja cheia de fungos, que as pessoas que estão indo tratar saúde peguem doença”, reclamou.

Outra cobrança foi com relação à limpeza do pátio das unidades de saúde. No Posto de Saúde do Bairro Jardim Primavera, citado como exemplo pelo vereador, o mato está alto, há caramujo africano e animais peçonhentos, até cobra teria sido avistada nas redondezas.

Neste caso a cobrança foi para as secretarias de Infraestrutura e a direção de meio ambiente da Secretaria de Desenvolvimento. “Ninguém está vendo isso, está complicado, a gente cobra aqui toda semana. Está insalubre, sem condições. A secretaria de obras tem que atuar nas unidades públicas para depois cobrar da população. É fácil ficar autuando o fulano e o cicrano porque não limpou o terreno, mas a área pública, os terrenos, as escolas, creches, os postos de saúde, estão todos sujos. Então, primeiro tem que fazer o dever de casa”, alertou.

Dr. Charles cobrou também medidas para a Unidade Básica de Saúde da Praça Cívica. Segundo ele o local, que não é murado, está servindo de abrigo para dormitório de moradores de rua.

LINDOMAR LEAL
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.