Dida Pires há 16 anos auxiliando e apoiando a população em busca de seus benefícios previdenciários

por lleal — publicado 18/04/2017 13h52, última modificação 18/04/2017 13h52

Liliani Leal
Assessoria de Imprensa
Câmara de Vereadores de Alta Floresta

No quinto mandato como vereador por Alta Floresta, Dida Pires (PPS), tem se dedicado a auxiliar e apoiar a população na busca pelos direitos previdenciários adquiridos ao longo de uma vida de contribuição, como, por exemplo, aposentadoria, auxílio doença, pensão por morte, benefício assistencial, entre outros benefícios concedidos pela previdência.

Dida explica que muitos casos onde as pessoas não conseguem ter acesso ao benefício por meio da Agência do INSS de Alta Floresta são encaminhados para a Justiça Federal no município de Sinop e o resultado tem sido positivo. “Temos conseguido grande volume de pessoas que tem conquistado seus direitos”, ressaltou.

Somente neste mês de abril foram realizadas cinco audiências, sendo uma no dia 04 e quatro audiências no dia 11. Nesta terça-feira, dia 18, acontecerá mais uma audiência. No dia 11, terça-feira, Dida Pires, protocolou mais 08 processos. “A gente tem auxiliado, apoiado e vamos continuar porque as pessoas começam a receber seus benefícios e melhoram a qualidade de vida, a renda e aquecem a economia do município porque gastam seus recursos no nosso município”, salientou.

Na semana passada a senhora Cleri de Fátima Augusto de Souza, com 57 anos de idade, moradora há vários anos na Vila Rural, conseguiu a tão esperada aposentadoria por idade, como produtora rural. “Sou muito grata ao vereador Dida Pires, se não fosse ele eu não sei como faria para ser aposentada”, disse.

Por estar empenhado em questões ligadas a previdência, Dida Pires também tem sido procurado por diversas pessoas que estão preocupadas com a reforma previdenciária proposta pelo Governo Federal. E por estar acompanhando os desdobramentos do projeto no Congresso Nacional, Dida Pires decidiu se antecipar e preparou um documento que será enviado para a bancada federal de Mato Grosso. “Elaboramos um documento que será encaminhado aos nossos senadores e deputados federais para que avaliem e discutam com sindicatos e associações esta reforma da previdência. A gente vê que o governo sofreu um baque com vários protestos, então, tenho certeza que esta reforma será bem analisada e eles vão refletir para que não sejam prejudicados os direitos adquiridos por parte da nossa sociedade”, frisou.




Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.